Consumo de cocaína e maconha cresce no Brasil

Por O Globo | Agência O Globo

Pela segundo ano consecutivo, relatório do Escritório das Nações Unidas sobre Drogas e Crimes (Unodc) aponta o aumento do consumo de cocaína e maconha no Brasil nos últimos anos. O documento, um mapa mundial sobre o avanço das drogas, alerta ainda para o crescente consumo de remédios que, embora legais, têm sido usados como psicotrópicos e podem provocar sérios danos à saúde.

“O uso de cocaína tem aumentado significativamente no Brasil, Costa Rica e, em menor grau, no Peru, enquanto nenhuma alteração no seu uso foi relatado na Argentina”, afirmam os representantes do Unodc. O escritório chegou a esta conclusão a partir de dados fornecidos por autoridades locais dos países mencionados no estudo. No Brasil, a análise teve como base a primeira pesquisa nacional sobre o uso de álcool, tabaco e outras drogas entre estudantes universitários nas 27 capitais.

Pelo estudo, 1,75% dos brasileiros fez uso de cocaína em 2010, o que indicaria um crescimento frente aos 0,7%, em 2005. O percentual é mais alto, 3%, entre os universitários. Os trechos do relatório sobre cocaína se referem a todos os subprodutos da droga, inclusive o crack. O relatório aponta queda do consumo da cocaína nos Estados Unidos e na Europa, ainda hoje os principais mercados.